Por que comercializar seu trabalho como designer gráfico

Todo profissional da área já se questionou, pelo menos uma vez, por qual motivo deve comercializar seu trabalho como designer gráfico. Apesar de amplo, o setor de atuação exige do designer possui uma série de características e habilidades que nem sempre são adquiridas apenas com a conclusão de cursos variados.

Para lhe ajudar a resolver de uma vez essa questão, no post de hoje, listamos as 4 razões pelas quais você deve comercializar seu trabalho como designer gráfico e, assim, se inserir de uma vez por todas em um mercado cada vez mais competitivo.

Conheça nosso Portal Criativando para comercializar suas arte e se conectar com outros criativos.

1. Possibilidade de encontrar seu trabalho em locais diferentes

Os profissionais do design tem no reconhecimento de seu trabalho a força que o move a continuar a melhorar cada vez mais. Por isso, comercializar o trabalho como designer gráfico vai fazer com que você encontre as peças, imagens e materiais que produziu em diferentes locais, sempre com a sua assinatura, o que lhe ajudará a vender cada vez mais.

Quem decide comercializar seu trabalho como designer gráfico pode ver suas ideias estampadas nos objetos de decoração da Criativando, por exemplo, e se deparar, até mesmo, com essas peças nas casas de amigos, parentes e pessoas que admira.

2. Comercializar seu trabalho como designer gráfico ajuda na criação de portfólio

Todo profissional entende a necessidade de ter trabalhos que mostrem suas habilidades, criatividade e capacidade de produzir para assuntos variados. Para o designer gráfico, isso só é possível com um amplo portfólio.

No entanto, ao contrário de alguns profissionais que criam peças apenas para mostrar seus conhecimentos, o designer gráfico só terá êxito se o que apresentar tiver alguma relevância, como o trabalho como freelancer e até mesmo o reconhecimento por um material cedido às empresas de renome.

3. Aumenta a criatividade

A criatividade só é conquistada com trabalho, dedicação e conhecimento amplo de sua área de atuação. Por esse motivo, essa talvez seja uma das maiores razões para comercializar o seu trabalho como designer gráfico.

Na confecção de seus produtos ou peças, você aprenderá e encontrará soluções cada vez mais criativas para resolver conflitos ou alcançar o desejo de seus clientes. Dessa maneira, você vai  “pensar fora da caixa”, aumentar sua agilidade de criação e, também, seu processo criativo.

4. Reconhecimento

Parece óbvio, mas muitos designers se esquecem de que só conseguirão reconhecimento se comercializarem seu trabalho, mesmo atuando apenas como freelancer. Não é preciso ser designer de uma grande agência de marketing, conseguir a vaga na multinacional de cosméticos e nem mesmo passar pelo processo seletivo de uma grande empresa de telefonia móvel.

O desginer gráfico tem na internet sua principal aliada, e pode comercializar o seu trabalho de maneira autônoma, já que só assim poderá assinar as peças que produz.

Por isso, se você quer conquistar o público, ganhar agilidade na hora de produzir, ter um processo criativo mais ágil e assertivo e conquistar uma renda extra com seus conhecimentos, aprenda a comercializar seu trabalho como designer gráfico e conquiste o mundo!

Gostou e quer saber como? Entre em contanto com a Criativando e descubra, agora mesmo, como enviar seu trabalho!

 

Recommended Posts